Os azeites não são todos iguais!

Os azeites não são todos iguais! Alguns são caracterizados por um sabor suave e delicado, enquanto outros podem ter um toque amargo ou picante.


Isso porque existem mais de 300 diferentes variedades de oliveiras pelo mundo mesmo se as variedades mais apreciadas se encontram na Itália, Espanha e Grécia. VARIEDADE PAÍS SABOR Frantoio Itália frutado, verde, ervoso, vigoroso Leccino Itália ligeiramente frutado, aromático e suave Coratina Itália frutado, verde, amargo, vigoroso Koroneiki Grécia ácido, frutado, amargo, vigoroso Arbequina Espanha muito aromático, frutado, suave Picual Espanha amargo e vigoroso (sabor de azeitona muito madura) A Espanha é o maior produtor de azeite do mundo: quase a metade da produção mundial provém dos olivais espanhóis que parecem se estender ao infinito.


A maior parte desse azeite é produzida com azeitona proveniente dos vastos olivais do interior da Andaluzia, ao calor do sol que aumenta a sua produtividade. Normalmente esse azeite costuma ser suave e frutado, com leves toques amargos e picantes. Também as regiões da Catalunha, da Estremadura e de La Mancia produzem quantidades significativas de azeite de sabor delicado. GRÉCIA O Peloponeso e a ilha de Creta são as regiões em que se produzem as maiores quantidades de azeite. Da azeitona de variedade Koroneiki obtém-se azeites saborosos com toques ervosos. A variedade mais conhecida, a Kalamata, é utilizada para o consumo de azeitona de mesa e a referência Kalamata nos rótulos de alguns azeites muitas vezes se refere à região com este nome em que o azeite é produzido. ITÁLIA Cultivam-se oliveiras no país inteiro, exceto no noroeste, mas as regiões com maior produção de azeite são a Puglia e a Sicília, enquanto que a Toscana produz apenas 4% do total. Cada região é caracterizada por um clima, variedades e estilos próprios, de maneira que os sabores dos azeites são muito diferentes de um olival para outro. A maior parte dos azeites e extra virgens que encontramos nas prateleiras dos supermercados são compostos por misturas de azeites de vários países . Normalmente o rótulo costuma apresentar os dizeres “engarrafado em "país"”, seguido do endereço da empresa embaladora


TIPOS DE AZEITE O melhor e mais puro azeite é o extra virgem, que é armazenado e engarrafado imediatamente depois da prensagem, sem processamento. Para conseguir essa classificação prestigiosa, entretanto, o azeite deve ser submetido a uma série de rigorosas análises para garantir que os níveis de acidez sejam menores de 0,8%. Todos os azeites que ultrapassam tal limite são submetidos ao processo de refinação e mesclados com azeites extra virgem que acrescentam sabor ao produto obtido: o azeite. MÉTODOS DE PRODUÇÃO DE AZEITE EXTRA VIRGEM Extração a frio:

Azeite extra virgem obtido mediante os mais modernos sistemas de extração, como percolação ou centrifugação, com uma temperatura abaixo de 27°C. Primeira espremedura a frio:

Azeites Extra Virgem obtidos com uma temperatura abaixo de 27°C utilizando uma base

tradicional de granito e sistemas de prensas hidráulicas.


3 visualizações

Formas de Pagamento

Adesivo Aduana PTO.png

A Aduana dos Pampas entrega produtos originais, importados,
 com muitas novidades chegando semanalmente.
Quer um produto importado que não achou na página?
Entre em contato com a gente.
Nós pesquisamos, localizamos o produto e te entregaremos no menor prazo possível..

Aduana dos Pampas - Comércio de Importados
Rua Capitão Antônio Nunes Benfica
Santo Antônio da Patrulha - RS
CEP 95.500-000

Gostou? AvalieNão gosteiNão é bomSatisfeitoMuito bomGostei muitoGostou? Avalie